Queda de muro mata três estudantes na Universidade do Minho

(…)

O acidente registado na Rua do Vilar, do lado oposto aos dos prédios de residências e bares onde se concentram dezenas de curiosos, está a mobilizar vários meios de socorro. As circunstâncias em que ocorreu ainda não estão cabalmente esclarecidas, mas algumas fontes referem que os jovens estariam numa brincadeira, um desafio entre cursos, que implicaria a subida ao muro, com cerca de dois metros de altura, pelos vencedores. Todas as vítimas terão cerca de vinte anos.

O acidente, para o qual o INEM foi alertado às 19h42, ocorreu numa zona onde habitualmente decorrem actividades relacionadas com a praxe universitária. O terreno que o muro vedava é um descampado, também vizinho do campus e de um antigo hospital psiquiátrico, que tem sido utilizado como local de estacionamento. Fonte académica disse ao PÚBLICO que as vítimas mortais são todas alunos do curso de Informática da Universidade do Minho, instituição em cujas instalações as praxes estão interditas.