Para quem acusava o engenheiro de não ter palavra, que belo gémeo homozigótico nos saiu.

Passos desmente “fonte oficial” do Ministério das Finanças

Esta quinta-feira de manhã [27 de Março] a imprensa faz eco de ‘briefing’ informal das Finanças sobre cortes definitivos nas pensões. Em Moçambique, primeiro-ministro diz que não leu e recusa “fazer especulação”.

Pelos vistos, o documento já era conhecido há uma semana, quando foi desmentido pelo PM, pelo que agora é batota dizer que na altura era apenas especulação.

E agora, se lhe disserem de novo no Parlamento que a palavra dele não vale pevas, vai amuar de novo?