… as declarações do director do “autónomo” IAVE. Porque é mais um daqueles que atira a bomba para o ar e espera que rebente longe dele, que – como tantos outros – é daqueles que ocupa cargos de grande responsabilidade mas nunca se sente(m) responsáveis por nada.

Não é apenas o conteúdo, mas a própria forma como se expressa, sendo apenas mais uma fazer comparações estapafúrdias (para não dizer pior) entre a Educação e a Saúde, faltando saber a partir de que percentagem de desempenho do organismo alguém morre.

Isto é parvo.

Quanto ao resto ainda há dois anos declarava a impossibilidade de fazer verdadeiras comparações sobre o desempenho dos alunos, mas agora já está em condições para as fazer.

Deve ser da “autonomia”.

Exp12Abr14b

Expresso, 12 de Abril de 2014