Eu lá queria despertar a fúria das elites que vivem em aquários académicos? É três quartos de caminho andado para a assinatura da minha desgraça… 🙂 Sei do que falo, não é a primeira vez que irrito a coutada da geração político-intelectual urbana e burguesa de esquerda dos anos 60.

E quem se mete com el@s, leva na certa um anátema dos grandes.

Mas ao menos um tipo diverte-se no trajecto.

Num debate, prefiro as ideias aos adjectivos

.

Já pedi para corrigirem a gralha de minha responsabilidade lá perto do final do texto.

Foi do cansaço pós-reuniões de 2ª feira.