Portugal está a perder empresas de elevado crescimento há quatro anos consecutivos