E não é com “amanhos” que a coisa vai lá… esperando que sejam os professores regulares a fazer a maior parte do trabalho para o qual não estão devidamente qualificados, mesmo que tenham “jeito”.

Já disse porque assim é. Por miopia de muitos políticos que acham que pedir meios humanos especializados é querer que se lance dinheiro no sistema, que é para arranjar mais lugares, sempre com atitudes de desconfiança.

A verdade é que a prevenção necessita de algo mais do que há na maioria dos agrupamentos e falar em equipas multidisciplinares não é juntar um professor da Educação Especial, um professor do 1º ciclo, outros de Português do 2º e um de Matemática ou outra disciplina qualquer, só porque parece que até lida bem com os miúdos. É muito mais do que isso.

Atlas8

(…)

Atlas9