Governo quer evitar «estabilização» na educação

«Podemos correr o risco de estabilização, e é por isso que introduzimos reformas para podermos evitar a estagnação», afirmou João Grancho.