… e não ter ido uns meses fazer uma qualquer especialização lá fora, de preferência em cidade do primeiro mundo e vivendo em bairro protegido, leva a que eu não tenha uma mundivisão completa sobre como deve ser a Educação em Portugal, à semelhança das experiências fantásticas dos bairros wasp de Boston ou das vizinhanças posh de Londres.

Assim, estou limitado a uma visão paroquial e não consigo alcançar o alcance alcançado pela visão de quem sabe o quão bem funciona uma PTA em New Haven (acham que estou a brincar?) ou uma LEA em Cambridge (existe, claro que existe).

Oh, silly bugger!!!

oh-bugger-we-re-rather-screwed