… a Catarina Martins tem razão sobre o valor (ou melhor, da falta dele) da palavra do Pedro, pelo menos no que ao cidadão comum diz respeito.