… e fazem tudo em poucos fins de semana e o que não fizerem têm equivalência.

Quando o dinheiro não chega para continuar na faculdade

É mais um efeito da crise: há estudantes que se vêem obrigados a desistir da universidade, por falta de dinheiro para fazer face a todas as despesas, e outros que contraem créditos com garantia mútua para evitarem o abandono.

O que queriam? Proletas sem fim na Universidade? A aspirar acima das suas possibilidades?

Arranjem o cartão de uma jota, tornem-se activos militantes em actividades da treta, candidatem-se a uma AE e verão como o curso passa sem doer mesmo nada.

Ou então ainda chegam a governantes e gestores de sucesso antes de acabarem a mini-licenciatura bolonhesa.