O PCP apresentou na Assembleia da República um voto de condenação do golpe de estado consumado na Ucrânia levado a cabo pelos sectores mais retrógrados e revanchistas da oligarquia ucraniana com o apoio dos Estados Unidos da América e da União Europeia e de alerta para o perigo do avanço de forças xenófobas e de cariz fascista e neonazi naquele país.

Faltou o reaccionário, a denúncia, a defesa intransigente da democracia e da Constituição de 1976 1982 1989 1992 1997 2001 2004 2005.