Porque interno. ao nível da mobilidade, acaba por existir todos os anos…

Há por aqui uma enorme confusão entre os vários níveis de concurso, sendo que eu acho que deve existir apenas um, com vagas claras a concurso e não cozinhadas nas secretarias do MEC ou nas direcções das escolas, conforme as conveniências.

Crato antecipa concurso interno de professores para 2015

Até à data, a tutela de Nuno Crato vai vincular 2.606 docentes nos quadros. É o maior número de entradas desde 2006.

O Ministério da Educação vai antecipar para 2015 – ano de eleições legislativas – o concurso nacional de professores dos quadros. Trata-se do concurso interno de colocação de professores que se realiza de quatro em quatro anos e que permite a mobilidade de escola. O próximo estava previsto apenas para 2017.

Este foi um dos resultados das negociações com os sindicatos para a vinculação extraordinária de dois mil docentes que vai decorrer nos próximos meses. O novo concurso interno vai ser negociado a partir de 5 de Março.

“Conseguimos que haja da parte do Governo o compromisso de realizar no próximo ano um concurso intercalar”, anunciou o secretário-geral da Federação Nacional da Educação, João Dias da Silva, após a reunião com o secretário de Estado da Administração Escolar, João Casanova de Almeida. Esta era uma das principais reivindicações dos sindicatos para que fossem regularizadas as situações dos professores com a entrada nos quadros dos dois mil docentes.

MEC promete concurso interno para todos os professores em 2015

A direcção da FNE saiu do ministério a considerar positiva a realização de um concurso interno de professores em 2015, mas a Fenprof insiste na realização de um concurso externo e interno com efeitos já no próximo ano lectivo.