Ministro da Economia diz que “administração pública de topo deve ser mais valorizada” nos salários