Isso é um eufemismo?

Todavia, Filinto Lima, vice-presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), tem algumas questões a colocar. “A autonomia na área pedagógica é uma autonomia que nos interessa”, refere ao EDUCARE.PT. No entanto, há situações que, em seu entender, devem merecer bastante atenção. “Na redistribuição das horas letivas vai haver ‘guerrinhas’”, adianta. Essa gestão de horas poderá trazer complicações. Nas suas previsões, “vai trazer às escolas alguma instabilidade entre os próprios professores dos diversos grupos disciplinares”.