Fácil, fácil… basta ver a naturalidade com que um governante encara o maior êxodo de Portugal da nossa História Contemporânea, com os anos 60 incluídos, só faltando prosa legitimadora do emérito Rui Ramos a explicar que isto é tudo por causa do Afonso Costa e do PREC.