O Porto perde, mesmo com ameaça de capelada?