Quinta-feira, 21 de Novembro, 2013


O negócio é saltar rapidamente a publicidade…

Keane, Bend and Break

ponto!

… meu caro José Manuel Fernandes, não são inanidades

D.C. attorney general seeks repayment of Options school funds

D.C. prosecutors have asked a judge to force Exceptional Education Management Corp., a for-profit company founded by the former managers of Options Public Charter School, to begin repaying $753,569 allegedly owed to the school, according to court documents filed Tuesday in D.C. Superior Court.

The school for at-risk youths needs the money to address a significant budget shortfall, according to the motion filed by the Office of the Attorney General. The court filings are part of an ongoing lawsuit alleging that three former Options managers funneled millions of taxpayer dollars to EEMC and another company they ran.

Penso que valem tanto ou mais do que uma citação amputada sobre a situação em Nova Orleães.

A antiga superioridade mural dos comunistas erguia-se por vezes sobre o apagamento de partes da memória ou a reescrita de partes da História. A actual tentativa de superioridade moral dos liberais anda pelos mesmos caminhos…

Afinidades…

Será que é boa ideia?

Escola Básica do Vale do Âncora e Escola C+S de Caminha

_____________________

A iniciativa mundial “Cidades pela Vida – Cidades contra a Pena de Morte” é promovida pela Amnistia Internacional e realizar-se-á em várias localidades do mundo no dia 30 de novembro, sublinhando assim a afirmação do valor da vida. Esta iniciativa iniciada em 2002, conta com a participação de 1625 cidades de 89 países, entre os quais Portugal. Desde 2006, um total de 84 cidades portuguesas já participaram nesta iniciativa. Este ano, a Câmara Municipal de Caminha, a convite da organização Amnistia Internacional, apoia a iniciativa das Cidades pela Vida.

As Bibliotecas Escolares da Escolas Vale do Âncora e de Caminha decidiram integrar essa iniciativa no seu Plano de Atividades e definiram um conjunto de atividades que culminará na iluminação simbólica de um edifício público em Caminha e em Vila Praia de Âncora. Assim, as Escolas do Vale do Âncora e de Caminha, em parceria com Amnistia Internacional e a Câmara Municipal de Caminha, definiram o seguinte programa:

dias 26, 27 e 28 de novembro: sessões de sensibilização dirigidas aos alunos do 2.º ciclo da Escola Básica do Vale do Âncora e da Escola C+S de Caminha, dinamizadas por Amnistia Internacional.

-dia 29 de novembro: às 12.15h, os alunos e docentes do 2.º ciclo da Escola Básica do Vale do Âncora reúnem-se na Praça da República de Vila Praia de Âncora na presença do Presidente da Câmara de Caminha, dos presidentes das juntas de freguesia de VPÂ, Âncora e Riba de Âncora, do Representante de Amnistia Internacional, da Responsável da BM de Caminha/VPÂ, Bombeiros Voluntários e da direção do Agrupamento.  Intervenções do Presidente da Câmara de Caminha e do representante de Amnistia Internacional.  Iluminação da Praça da República com 3 tochas simbólicas. Cobertura da imprensa local.

-dia 29 de novembro: às 15h, os alunos e docentes do 2.º ciclo da Escola C+S de Caminha reúnem-se junto à Torre do Relógio em Caminha na presença do Presidente da Câmara de Caminha, do Representante de Amnistia Internacional, da Responsável da BM de Caminha/VPÂ, Bombeiros Voluntários e da direção do Agrupamento.  Intervenções do Presidente da Câmara de Caminha e do representante de Amnistia Internacional.  Iluminação da Torre do Relógio com 3 tochas simbólicas. Cobertura da imprensa local.

dia 30 de novembro: na Praça da República de VPÂ, por volta das 17.30h/18h, os alunos, Enc. de Ed., Juntas de freguesia, Bombeiros Voluntários e membros da Comunidade iluminam a Praça da República com velas. Cobertura da imprensa.

A coordenadora das Bibliotecas Escolares

Prof.ª Natividade Riba

 

 

toma-se.

 

 

 

Página seguinte »