• Média de provas feitas pelas melhores 10 escolas privadas: 272.
  • Média de provas feitas pelas melhores 10 escolas públicas: 515.
  • Média de provas feitas pelas escolas privadas entre o 11º e 20º lugar: 461.
  • Média de provas feitas pelas escolas públicas entre o 11º e 20º lugar: 648
  • Média de provas realizadas pelo top 20 das privadas: 367.
  • Média de provas realizadas pelo top 20 das públicas: 582.

Claro que podemos dizer que o ensino privado é o melhor porque, em média, está no topo dos rankings. Como podemos dizer que, em média, estão no topo as escolas com uma dimensão mais ajustada a um ensino de qualidade.

Seja a gestão pública ou privada.

Aliás, as duas escolas públicas melhor colocadas não são óbvias (uma em Viana do Castelo, outra na Amadora, com enorme peso de alunos carenciados), mas têm em comum o número reduzido de exames realizados. Claro que pode ser um acaso, uma coincidência do caraças, mas…

Os dados usados foram os do Expresso, mas penso fazer com outras variáveis – contexto socio-económico – a partir do ranking do Público e dará para provarquase certamente  outra coisa que não se a gestão é pública ou privada, mas o que está associado a um ensino de proximidade, personalizado e com condições à partida mais favoráveis no plano familiar.

Mas claro que podemos fixar pela superfície instrumental dos blasfemos, todos ao magote a querer provar que merecem as propinas pagas pelo Estado nas escolas dos amigos.

Anúncios