Número de emigrantes em 2012 foi superior ao total de nascimentos

Num só ano, mais de 120 mil portugueses deixaram o país. “São ordens de grandeza que nos atiram para os anos 60.” Os demógrafos avisam: é o futuro do país que está em causa.

Este tipo de tendência aconteceu nos últimos séculos sempre que Portugal não soube estimar os seus e quando os governantes se encapsularam nos seus próprios labirintos.