Se for verdade, porque não?

Tribunal decide que chamar “incompetentes” e “ladrões” aos serviços fiscais não é crime

Contribuinte recorreu de condenação e Tribunal da Relação do Porto deu-lhe agora razão.