Um burro, mesmo que ministro, continua burro.