… quando andam a fazer do mesmo ou pior do que ele.

A coisa mais ridícula é eu ler por aí – com ênfase no facebook – que o PS fez isto e aquilo, que levou o país à bancarrota e que isso é que deveria ser inconstitucional quando boa parte dos actuais governantes foram responsáveis, por cumplicidade e não apenas por omissão, por alguns dos maiores desastres da desgovernança recente.

Afinal… a actual ministra das Finanças não era gestora pública nesse períodos, como outros secretários de Estado, uns que já foram e outros que ainda estão?

Não foram muitos consultórios de advogados do PSD coniventes com negócios do anterior desgoverno, como é o caso do contrato com a Parque Escolar com o escritório do actual ministro da Defesa?

Não foram muitos autarcas alaranjados parceiros activos na implementação das políticas de Sócrates em áreas como a Educação?

Portanto… vamos lá ter vergonha na cara e não mascarar a falta de vergonha agora com a falta de vergonha anterior porque se malfeitorias antigas justificam novas malfeitorias continuamos no círculo vicioso que este PM dizia ir quebrar.

E, de certa forma, até justificariam restrospectivamente os excessos dos PREC com os atropelos da ditadura. Já perceberam, ao menos, a tautologia (para não dizer curteza de inteligência) desse tipo de raciocínio?