1. O princípio da separação de poderes, mesmo quando andam com a boca cheia de constitucionalismo à americana. Ao mesmo tempo, criticam o carácter histórico da Constituição Portuguesa (escrita e revista no último quartel do século XX) quando usam como farol uma Constituição com mais 200 anos que admitia o esclavagismo e desprezava as mulheres como cidadãos. Gente ignorante.
  2. Que a existência de um tribunal superior que fiscaliza a constitucionalidade das leis comuns é um princípio básico de defesa contra os abusos das maiorias conjunturais. Parece que há gente que não entende que o que hoje é força de bloqueio, amanhã pode ser o último travão aos desmandos alheios. Gente burra!

Entre outras coisas.