Se o Conselho é “das Escolas” porque é formado apenas por director@s? É por ser mais fácil o processo eleitoral e mais clara a subordinação hierárquica?