Correcção e classificação do exame nacional de Português do Ensino Secundário

Código 639 – 2ª fase

 2012-2013

 

Parece-me ser consensual que a correcção de exames nacionais é um trabalho de extrema responsabilidade e que se deve revestir da máxima fiabilidade. Está em jogo, muitas vezes, o trabalho e o futuro dos nossos alunos e têm direito a que o mesmo decorra da forma mais profissional e competente possível.

Nesta perspectiva, fiz a análise do número de dias disponíveis para corrigir as provas e cheguei à seguinte conclusão:

Os exames são levantados no agrupamento no dia 17 de Julho (às 10h) e devolvidos no dia 26 de Julho (de manhã). Temos, então, 5 dias úteis (considerando 7 horas de trabalho por dia), e a tarde de dia 17 de Julho (4 horas). Assim, 5×7 horas de trabalho diário =35 horas+4 horas=39 horas / 2 horas (tempo médio de correcção de cada exame)= 20 provas.

Por tudo o que foi acima exposto, e para que o trabalho desenvolvido seja, mais uma vez, da máxima qualidade e de acordo com os meus critérios de exigência como docente e correctora, não me posso responsabilizar pela correcção de mais exames do que os acima referidos. Não considero a prorrogação do prazo de entrega uma vez que inicio as minhas férias no dia 29 de Julho.

 

    16 de Julho de 2012

A professora classificadora:

Ana Cristina Henriques Mendes da Silva

PQND do GR 300 da Escola Secundária da Amadora