Porque nem com um governo, uma maioria, um presidente e uma oposição formal inepta se conseguem aguentar…

Haverá prova maior do imenso divórcio entre os portugueses e as suas cliques políticas?