Era uma vez….
Era uma vez uma escola do Oeste.
Era uma vez um Conselho Geral de uma escola que votou, segundo a lei, e não reconduziu o(a) director(a).
Era uma vez um(a) director(a) que ao tomar conhecimento da não recondução marcou uma reunião geral.
Era uma vez uma reunião geral onde alguns mostraram não saber o que são decisões democráticas, mas foram apoiados pelo(a) director(a).
Era um vez um grupo de alunos que, atendendo ao pedido, recolheu assinaturas  e lançou boatos tentando descredibilizar uma decisão democrática e legítima.
Era uma vez um concelho onde os interesses instalados tentam sobrepor-se….

Era uma vez…