Colocar pelo menos seis milhões de portugueses, ao final da tarde, a gritar “Paços, Paços, Paços!”