Aquelas declarações do actual PM em Paris estavam a preparar terreno para o confronto. Posso estar muito enganado, mas cada vez me parece mais que o que foi decidido hoje por parte deste conjunto de sindicatos já estava previsto e nos próximos dias assistiremos a nova investida mediática do governo contra os professores.

Seria interessante que os sindicatos, por uma vez, se dessem ao trabalho de responder do ponto de vista técnico e não apenas no plano da retórica.