Saem uns quantos ajudantes de ministro do Governo (será que não os reencontraremos em belas prateleiras antes do governo, digo, ano acabar?) e tudo fica como se de nada se tratasse?

Finanças alertaram em 2008 para problema nos “swaps”

Swapgate. Buraco duplicou desde que foi identificado, em 2011