Como professor e encarregado de educação sou favorável à existência de exames. Já expliquei muitas vezes porquê. O que me chateia é que os exames sejam implementados no terreno por gente que – há que dizê-lo com clareza – me parece razoavelmente estúpida.

Não há que ter receio das palavras, pois detesto ver algo com que concordo ser maltratado por gente burra.

Antes de entrar em detalhes de maior proximidade, deixo o testemunho do Pedro Magalhães:

Catch-22

.

Anúncios