… dirá que a mobilidade especial está legislada desde 2009. E com jeitinho ainda conseguirá encaixar a autonomia das escolas nesta estratégia de expansão dos QZP.

A outra hipótese seria a coerência.

Mas isso é pedir muito ao que temos.