FNE exige mudanças consensuais e duradouras em resolução entregue no Ministério da Educação

Tanto tempo a assessorar o MEC e agora saem-se com esta?

Claro que falaram foi com o secretário que constrói as pontes. O ministro parece estar-se um bocado nas tintas, das antiderrapantes. Ou não.