Um relatório que enervou os professores

As medidas propostas no relatório do FMI para o setor educativo não são bem acolhidas. “Ignorância, insensibilidade e má vontade que culminam na ofensa aos professores”. O EDUCARE.PT recolheu mais opiniões.