Quinta-feira, 17 de Janeiro, 2013


Mumford and Sons, Lover of the Light

Quer dizer que esta brincadeira vai p’rós trinta milhões e eu contido no país real, apenas com acesso à bosta?

… do MEC?

Deu-se A Implosão

E o MEC perdeu o controle total sobre as escolas.

E quando isto acontece só existe uma solução – Mudar o “capitão” da equipa.

Como sportinguista, estou habituado a chicotadas psicológicas mas, neste caso, como com MLR, acho importante que a degenerescência seja total, até ao ponto do não retorno.
.
Quanto ao controle sobre as escolas, é o menos. O problema é a falta de controle sobre os pequenos napoleões.
.
O capitão é um detalhe. O que me incomoda são os bastidores de lascivo fru-fru entre decisores públicos e interesses privados.

… e não é apenas Baudrillard, Deleuze, Eliade ou mesmo Philip K. Dick.

Acho que falar em implosão já é fora de moda.

–  Decreto-Lei n.º 266-F/2012, (31 Dez 2012) aprova a estrutura orgânica da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares. https://www.box.com/s/1cwiq45pxtkv424s5uda
A DGEstE dispõe de cinco unidades orgânicas desconcentradas, de âmbito regional, com a designação de Direção de Serviços Região Norte, Direção de Serviços Região Centro, Direção de Serviços Região Lisboa e Vale do Tejo, Direção de Serviços Região Alentejo e Direção de Serviços Região Algarve, sediadas respetivamente, no Porto, Coimbra, Lisboa, Évora e Faro.
As Direções de Serviços são dirigidas por “delegados regionais de educação.”

Despacho n.º 865/2013,(16 Jan 2013 – Efeitos a partir de 5 de janeiro) nomeia, em regime de substituição os dirigentes da Direção-geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE).
Como diretor-geral, José Alberto Duarte (ex-DRELVT) e como subdiretor-geral, Isabel Cruz (ex-DREN). https://www.box.com/s/golzndh3fnj95s8wbbpa

A DGEstE prossegue as seguintes atribuições:
a) Assegurar a execução das políticas educativas definidas no âmbito do sistema educativo de forma articulada pelas diversas circunscrições regionais;
b) Acompanhar, coordenar e apoiar a organização e funcionamento das escolas e a gestão dos respetivos recursos humanos e materiais, promovendo o desenvolvimento e consolidação da sua autonomia;
c) Prestar apoio e informação aos utentes do sistema educativo, em particular aos alunos e encarregados de educação, às entidades e agentes locais;
d) Participar no planeamento da rede escolar;
e) Assegurar a concretização da política nacional no domínio das instalações e equipamentos escolares;
f) Definir, gerir e acompanhar a requalificação, modernização e conservação da rede de escolas;
g) Divulgar aos agrupamentos de escolas ou escolas não agrupadas as orientações e a informação técnica dos serviços do MEC;
h) Recolher as informações necessárias à conceção e execução das políticas de educação e formação;
i) Acompanhar os procedimentos e as atividades desenvolvidas no âmbito do sistema educativo respeitantes ao controlo da qualidade do ensino;
j) Cooperar com outros serviços, organismos e entidades, tendo em vista a realização de ações conjuntas em matéria de educação e formação profissional;
k) Prestar apoio técnico aos municípios nas intervenções que estes realizem no parque escolar;
l) Promover, coordenar e acompanhar a prevenção e intervenção na área da segurança escolar e assegurar a atividade de vigilância no espaço escolar, garantindo a necessária articulação com o Programa Escola Segura, realizando a formação de pessoal docente e não docente na área da segurança escolar;
m) Assegurar o apoio jurídico e contencioso nas diversas circunscrições regionais, no âmbito das atribuições da DGEstE, em articulação com a Secretaria -Geral.

Do preconceito contra os professores

Falo dos não-superiores. Dos básicos, aqueles que se considera serem uns incapazes de fazer outra coisa, gente que faz aquilo que outros não querem. Uma espécie de varredores do lixo alheio, mesmo se tratam da mais nobre missão que existe na vida em sociedade e que é ensinar as novas gerações para um futuro cada vez mais sombrio.

(continua… por lá…)

Um esquece-se de declarar os rendimentos, o outro do que disse há pouco mais de um ano.

Os nossos dois principais governantes estão num lamentável processo de degenerescência mnemónica.

É importante acarinhá-los. Consta que o afecto e o carinho produzem efeitos maravilhosos nestes casos.

Página seguinte »