… embora eu prefira que, numa segunda fase, se optem por modelos menos lineares, incorporando variáveis relacionadas com os meios disponíveis nas escolas e características da comunidade envolvente.

A coisa é capaz de estar a passar despercebida (quando fiz o primeiro post sobre o assunto quase ninguém comentou) mas vai ser determinante para a avaliação das escolas e de forma menos directa para a vida profissional dos professores e, após mais de ano e meio de governação do MEC, já era tempo que aparecesse.

Modelos para comparação estatística dos resultados académicos em escolas de contexto análogo – Painel de dados para apoio à avaliação externa das escolas

Avaliação externa das escolas passa a ter em conta origem dos alunos