… quando vejo as baratas tontas de cada um dos lados a espernear… em comentários seguidos… sendo que ambos disparam para alvos inexistentes… ou convenientemente treslidos.

Emilia Pestana Diz:
Novembro 9, 2012 at 7:26 pm e

#16

Dr. Paulo

Quando ocorrer a passagem da teoria à prática (isto é, a “liberdade de escolha”) vai perceber rapidamente que, mesmo os alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) e respectivos encarregados de Educação, não vão ter dúvidas quanto ás opções a realizar.

O Dr. Paulo entrincheirou-se nos NEE para fazer a defesa da Escola Pública (tal como está – mediocridade até dizer basta). Mau sinal. Muito mau sinal. Significa isto ter-se esgotado o arsenal de que dispunha.

Já se nota o odor a pólvora seca…

J.O.Matos Diz:
Novembro 9, 2012 at 7:39 pm e

Abra a pestana, D. Emília. O Dr. Paulo está do seu lado. O projecto de escola dele é o dos States. Ainda ontem o disse: “quem nos dera ter escolas financiadas com capitais privados, como nos EUA”. Claro que os alunos com NEE’s ficam para a escola pública. Não são um negócio rentável. Abra a pestana, D. Emília.