Anteontem apanhei os ministros muito sorridentes

Crato com um sorriso sonso, Portas com um sorriso phosga-se e Relvas com o sorriso do “estou-te a topar”.