Antes de a comitiva chegar ao Pátio da Galé, Cavaco Silva e António Costa içaram a bandeira nacional na sede da Câmara de Lisboa e, apesar de ter ficado segura, ficou também ao contrário. A bandeira de Portugal ficou içada de “pernas para o ar”.