… que certos analistas considerem que as medidas de austeridade são um ataque à classe média, mas pareçam excluir dessa classificação quem trabalha para o Estado. Estou a ouvir na SICN o Martim Avillez Figueiredo (que é habitualmente lúcido) e a perceber que na cabeça dele(s), quem é funcionário público não deve aspirar a ser sequer médio.