O presidente do Grupo Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos, afirmou hoje que as declarações do conselheiro António Borges sobre a TSU «não foram felizes», mas criticou também a reação do presidente da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP), António Saraiva.