Garanto que estes são casos reais, originalmente com a identificação das escolas em causa.

Caro Paulo Guinote.
(…)
Pertenço ao QND da [Escola A]. Há 3 anos destaquei por DCE para a [Escola B].
Este ano não entreguei Relatório Médico e consequentemente regressaria à [Escola A].
Tentei ir para a [Escola C] no concurso de Mobilidade Interna. Como há um DCE à minha frente, ficou ele com essa vaga.
Obviamente eu ficaria a leccionar na [Escola A], onde tenho horário.
Apresentei-me na [Escola A] dia 3. Disseram-me que por engano estou colocado na [Escola B].
Continuo a trabalhar na [Escola A] . Nem sequer fui à [Escola B].

A escola está a tentar que a DGRHE corrija o erro. Eu continuo a participar em todas as actividades da [Escola B], mas estou colocado na outra escola.

Este erro é dos que se vê. Possivelmente haverá muitos que só com muita minúcia se descobrirão.

Saudações cordiais

M.