Tem dois momentos dignos de memória… a declaração de Dias da Silva sobre a vinculação neste ano civil (mas a legislação pode sair no início de Janeiro) e o momento em que a minha língua tem um lapso… menino