Se só quem paga quotas e vota numa organização tem legitimidade para se pronunciar sobre a sua orientação, será que quem não votou num dado partido tem legitimidade para criticar as suas políticas?

Eu acho que, numa democracia efectivamente livre, todos temos direito a expressar a nossa opinião. Há quem ache o contrário. Ou pior, quem ache que os direitos são apenas seus e nunca dos outros.