… que os árbitros e juízes de linha portugueses são tão bons ou melhores do que os outros e conseguem fazer arbitragens sem grandes contestações, mesmo com um erro ou outro à mistura.

E assim é quase certo que teremos uma equipa na final do Euro. Se é de 11 ou apenas de 4, logo se vê.