Por causa daquilo das pensões que não dão para pagar as contas e tal.

E não esqueçamos que foi ele que assinou de cruz tanto as despesas do outro como a austeridade deste…

O Presidente da República considerou hoje “muito difícil” voltar a exigir novos sacrifícios a quem já foi chamado a contribuir “significativamente para a redução dos equilíbrios económicos e financeiros” em Portugal.