Alegadamente para cumprir a lei avança – em Mafra, claro! – uma parceria entre as escolas do concelho que permite aos directores salvar todos os lugares – por agora – e à autarquia assumir – eventualmente – um papel de supervisão global.

Afinal, aquele fumo de há umas semanas…