Chegado por mail:

Colegas,

É com profunda preocupação que transmitimos a seguinte informação:

Hoje, em Coimbra, numa reunião tida com as Direções das escolas, a propósito do despacho sobe a organização do ano letivo, o Diretor Geral de Educação e a adjunta do Ministro reafirmou, verbal e formalmente, a intenção do Ministério de Educação em terminar com a classificação da disciplina de Educação Física para o cálculo da média final dos alunos no ensino secundário.

Acrescentando esta medida com a já divulgada alteração das matrizes curriculares, onde a disciplina de Educação Física poderá passar, segundo o critério da Direção da Escola, de 180 minutos para 150 minutos, concretiza-se o maior «ataque» institucional dos últimos vinte anos a esta disciplina bem como a todos os pais e jovens que nos últimos anos têm investido na sua formação.

Nenhum argumento foi, é, nem poderia ser apresentado para implementação de tais medidas! Nem económica, nem científica, nem pedagógica, nem cultural.

As consequências diretas (nas atividades curriculares e extra-curriculares) e indiretas (nos Clubes, nas Federações, associações desportivas) de tais medidas são inimagináveis e incalculáveis.

Uma vez mais reiteramos que os colegas reúnam nas Escolas e elaborem uma tomada de posição fundamentada contra estas medidas e que a dirijam, por escrito, para:

Gabinete Ministro da Educação, Dr Nuno Crato

Av. 5 de Outubro, nº107
1069-018 Lisboa

A DIRECÇÃO DA APPEFIS

PS ainda esta semana procederemos ao convite de todos os colegas para um encontro a realizar em Coimbra para debatermos esta situação.
Esteja atento, divulgue e mobilize!