… tantas têm sido as experiências.

Só uma proposta: tentem que não seja tudo muito teórico e que os cursos não sejam só para desabilidosos.

Ahhh… e não adianta criar cursos sem mercado…

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, anunciou que vai apresentar este mês um novo regulamento específico para a formação profissional, que vai passar a ser tutelada pelo ministério da Educação e pelo ministério da Economia e do Emprego.

Esta reforma do ensino profissional vai abranger cerca de 30 mil jovens em 2012 e vai contar com o reforço de novos cursos e os já existentes vão ter um aumento do número de vagas.

O anúncio, de acordo com uma nota enviada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), foi feito durante a visita do ministro da Economia e da Tecnologia da Alemanha a Portugal. “A intenção do Governo é que, para o próximo ano, 30 mil dos nossos jovens já estejam envolvidos no sistema de aprendizagem em que estão a estudar ao mesmo tempo que trabalham, de forma a aumentar as suas qualificações”, afirmou Álvaro Santos Pereira aos jornalistas após o anúncio ter sido feito.