Relvas comportou-se com “correcção e transparência”, diz Passos

Relvas omitiu negócios com Silva Carvalho

A VISÃO desta semana conta-lhe que Miguel Relvas não disse toda a verdade na sua primeira audição no Parlamento a propósito das suas relações com Jorge Silva Carvalho.

Guerra, ao mesmo tempo, com a Impresa e o Público?

Um conselho (gratuito, como de costume) ao PM: por muito amigos que sejam, há limites… e quem tem como missão governar um país em tempo de incerteza e tempestade precisa encontrar outra forma de demonstrar lealdade para com os amigos que não à custa da erosão da imagem (já muito demolida) do Estado.

Tanto blogger a assessorar, daqueles que levaram anos a zurzir as falhas do engenheiro, e tanto erro de palmat´roia.

Raios… já todos percebemos que o actual ministro, quando ainda não o era, se procurou equipar com informação para exercer melhor o seu poder que aí vinha… e que o fez e continuou a fazer de uma forma que pode estar de acordo com os tempos habilidosos que vivemos mas que está a muitas léguas do que Passos Coelho garantiu que seria a nova prática governativa.

Portantossssssss……